The forgotten Light of day, waiting for me outside of this cave

Cíntia

Cíntia,



Você foi a única pessoa com quem eu tive um relacionamento em toda a minha vida. Durou 5 meses. Não me orgulho do que eu senti e do que escrevi no seu WhatsApp depois que nós nos separamos. Todas as vezes que eu disse que te amava eu sentia. Vinha do coração. Mas era um sentimento cego. Eu só conhecia amor em sonho. Mas sonho acordado, que eu vivi por 7 anos. De 2002 a 2009. E que depois foi desaparecendo aos poucos. Sentia muito amor e acolhimento, mas sozinho. Sentia uma presença muito intensa.

Eu não tinha ideia de propósito. De pensar no futuro e planejar e coisas assim.

Quando eu conheci você, eu estava no inferno com uma vida que eu sabia que não era vida. Trabalho que eu não dava conta e não entendia e que só tinha porque meu pai me obrigou a aceitar. Acreditei na ideia de aplicativo de namoro depois que ouvi uma prima que acredita que isso é relacionamento e amor. Ela tem uma vida amorosa péssima: cansou de arranjar namorado nesses aplicativos e cansou de ser traída e se desiludir. Mas não desiste porque não consegue ficar sem aquilo.

Estava cego e tomava esse tipo de decisão por impulso, desde 2014.

Primeiro foi pelo excesso de comida. Sentia vontade a maior parte do tempo de comer muito e tudo do que me dava vontade. E ia comprar e comer o que queria quando dava vontade. Se não me engano, isso passou depois de uns 2 anos.

Depois surgiu o desespero para conseguir um diploma só para eu me orgulhar disso! Nem pensei porque escolhi Análise de Sistemas em 2017. Não tinha a menor ideia do que era trabalhar com isso e nem pensava em trabalhar com isso. Era só a vontade de sentir orgulho de ter o diploma que surgiu naquele ano. Segui o curso sem saber porquê e sem pensar no futuro por 2 anos.

Por último veio o sexo. 2017 a 2020. Comecei a sentir vontade de realizar aquele sonho que eu tive sozinho, com alguém. Sentia desejo quase o tempo todo. Acabou em novembro de 2020.

Desapareceu o desejo completamente.

Em 2020 começou o meu julgamento. Deus é o meu Juíz.

Julgado por ter comprado sexo. Perdi o emprego em março de 2020, por causa da pandemia. E o que eu sentia por dentro não dá para descrever. Melhor nem tentar lembrar.

Em março de 2021 começou o julgamento por não ter confiado no meu caminho e em quem surgiu no meu caminho para me ajudar. Principalmente Deus. Sofri um problema no intestino, nó nas tripas. O intestino sofre uma torção espontânea e o sangue e as fezes ficam presos ali. Se não fosse o meu irmão ter me levado para o hospital para fazer a cirurgia a tempo eu teria morrido. O intestino já estava infeccionando. Agora, quando escrevo este email, ainda estou usando bolsa de colostomia.

Deus não julga só para punir. Deus julga para ensinar e fazer a pessoa ver o erro e se arrepender. Mas depois é preciso superar o arrependimento também e entender que todos nós erramos. Essa parte eu sei que ainda vou ter que enfrentar. E é difícil porque muitas pessoas não conseguem superar o sentimento de culpa.



Cíntia,


Não sei como você está e como vai a sua vida. Esses últimos anos de crise econômica por causa da covid foi muito difícil para muitas pessoas. Eu percebi que você estava muito brava comigo na última vez que a gente se viu em novembro de 2020. E eu sentia uma desilusão enorme.

Se você quiser, responda esse email. Eu gostaria de poder saber como você está e o que passou quando a gente ficou junto. E se ficou alguma mágoa sua comigo.

Algumas vezes Deus pune a gente por causa da nossa arrogância. Eu já passei por isso algumas vezes. Fiquei sem entender como pude fazer uma coisa que eu não queria, não gostava, por falta de controle, por impulso. A gente acaba se acostumando tanto a acreditar que tem uma qualidade e Deus acaba mostrando que não somos nada nesse mundo! E bem quando a gente começa a se orgulhar tanto a ponto de ofender o próximo.

Existe um ditado de um sábio que diz isso:

“O orgulho é o início da queda”.


Abraço.

Daniel


"A liberdade não vale a pena se não conota liberdade para errar." Mahatma Gandhi
"A liberdade não vale a pena se não conota liberdade para errar." Mahatma Gandhi


1 visualização0 comentário