The forgotten Light of day, waiting for me outside of this cave

Mensagem para o meu pai; O homem, quanto mais sábio e experiente; mais triste é, e mais consciente!

Atualizado: Nov 25

O nome do meu pai é Nelson Júnior.

O nome do pai do meu pai era Nelson.

Significa “filho de Neil”, “filho do campeão” ou “filho da nuvem”.

O nome Nelson tem origem na expressão vinda do inglês Neil´s son, formada pela união do nome Neil com a partícula son, que quer dizer “filho”, criando o significado de “filho de Neil”.

O nome Neil, por sua vez, vem do anglo-saxão Neil ou Niel, que deriva provavelmente da palavra niadh que quer dizer “campeão” ou “nuvem”.

O nome Nelson apareceu na Inglaterra como um sobrenome e chegou a ser adotado como nome próprio principalmente em homenagem ao almirante britânico Horatio Lord Nelson, que viveu entre os anos de 1758 e 1805, e ficou conhecido pelas vitórias nas Guerras Napoleônicas, especialmente pela Batalha de Trafalgar, que o consagrou como um herói inglês, mesmo tendo sido assassinado.

Tem como portador famoso o líder sul-africano Nelson Mandela, reconhecido como um dos mais importantes representantes da luta contra o preconceito racial na África. Pelas suas ações, Mandela recebeu em 1993 um Prêmio Nobel da Paz.

No Brasil, o maior ícone artístico com este nome foi Nélson Gonçalves, cantor e compositor que fica em terceiro lugar no ranking de músico que mais vendeu álbuns da história brasileira.

Aliás, na língua portuguesa é comum o uso do acento agudo em Nélson.

https://www.dicionariodenomesproprios.com.br/nelson/

O meu nome é aqui conhecido, Daniel.

Significa “o Senhor é meu juiz”, “Deus é meu juiz”.

O nome Daniel tem origem no hebraico Daniyyel e é formado pela junção dos elementos dan, que significa literalmente “aquele que julga, juiz”, e El, que quer dizer “Senhor, Deus”.

Daniel foi um dos profetas hebreus que tem sua história contada na Bíblia, no livro que leva o seu nome. Viveu durante o cativeiro dos judeu na Babilônia, onde previa os sonhos da corte real, chegando a apresentar quatro visões apocalípticas, também relatadas no livro de Daniel.

O profeta é conhecido até hoje principalmente por ter saído intacto quando atirado numa cova com vários leões.

https://www.dicionariodenomesproprios.com.br/daniel/

Swedenborg & Life Recap: The Spiritual Meaning of Names

— 8/13/18

What’s in a name? Maybe it’s just a matter of what sounded nice to your parents . . . but what if it’s connected to something much, much deeper? In this episode, hosts Curtis Childs and Dr. Jonathan Rose reveal what names could really mean.

Eighteenth-century philosopher and theologian Emanuel Swedenborg observed that names connect to spiritual truth, but that’s not always reflected in our given names here on earth. He wasn’t particularly interested in those, but he was very interested in our search for meaning in names.

In regard to the idea that naming things means recognizing their nature, it needs to be realized that the ancients took a name to mean simply the essence of a thing, and seeing something and naming it to mean recognizing its nature. This was due to the fact that they gave their daughters and sons names with a relevant meaning. Every name had a unique element that indicated where people were from and what they were like. . . . Since names, then, told where people were from and what they were like, that is exactly what naming something meant to those ancient people. Such a manner of speaking was familiar to them, and anyone who fails to understand it will be puzzled by the symbolism. (Secrets of Heaven §144)


It helps to understand spiritual language, where each letter means something. Unlike English, some languages use symbols that actually look like the thing they’re meant to represent. Spiritual language does this at a metaphysical level.

In some naming traditions, names are meant to change as people grow. This seems to be how names work in the afterlife—we are given perfect names that encompass us completely.

For Swedenborg, all of the Bible has some spiritual meaning, including each and every name. This makes those chapters of the Bible that are basically lists of names mean a whole lot more than most would expect.

When the Word says “so-and-so’s name is” . . . it means that the name involves something worth noting. To call someone by name is to recognize what the person is like. . . . Not a single syllable appears in the Word without a reason or without symbolizing some inner phenomenon. (Secrets of Heaven§1896)


So this all brings us to the big question: what is God’s name and what does it mean?

The Lord is called the Alpha and the Omega because alpha and omega are the first and last letters of the Greek alphabet, and they consequently symbolize all things in their entirety. That is because in the spiritual world every alphabetic letter has some symbolic meaning, and a vowel, since it serves to provide tone, symbolizes something having to do with affection or love. (Apocalypse Revealed §29:2)

Many cultures and traditions have long lists of names for God, and many of them disagree with each other—sometimes violently. But the truth is that the meaning is what matters, and the earthly name has little to do with it.

The same way people can be referred to in many different ways . . .

God can have many different names for the many different views people have of him.


Swedenborg Foundation

https://swedenborg.com/recap-the-spiritual-meaning-of-names/


Swedenborg & Life Recap: O Significado Espiritual dos Nomes

— 8/13/18

O que há em um nome? Talvez seja apenas uma questão do que soou bem para seus pais. . . mas e se estiver conectado a algo muito, muito mais profundo? Neste episódio, os apresentadores Curtis Childs e Dr. Jonathan Rose revelam o que os nomes podem realmente significar.

O filósofo e teólogo do século XVIII Emanuel Swedenborg observou que os nomes se conectam à verdade espiritual, mas isso nem sempre se reflete em nossos nomes dados aqui na terra. Ele não estava particularmente interessado nisso, mas estava muito interessado em nossa busca pelo significado dos nomes.

No que diz respeito à ideia de que nomear as coisas significa reconhecer sua natureza, é preciso perceber que os antigos tomavam um nome como significando simplesmente a essência de uma coisa, e ver algo e nomear significa reconhecer sua natureza. Isso era devido ao fato de darem a suas filhas e filhos nomes com um significado relevante. Cada nome tinha um elemento único que indicava de onde as pessoas eram e como eram ... Já que os nomes, então, diziam de onde as pessoas eram e o que tinham em comum, isso é exatamente o que nomear algo significava para aqueles povos antigos. Tal maneira de falar era familiar para eles, e quem não consegue entendê-lo ficará intrigado com o simbolismo. (Secrets of Heaven §144)


Ajuda a entender a linguagem espiritual, onde cada letra significa algo. Ao contrário do inglês, alguns idiomas usam símbolos que realmente se parecem com o que devem representar. A linguagem espiritual faz isso em um nível metafísico.

Em algumas tradições de nomenclatura, os nomes devem mudar à medida que as pessoas crescem. Parece ser assim que os nomes funcionam na vida após a morte - recebemos nomes perfeitos que nos abrangem completamente.

Para Swedenborg, toda a Bíblia tem algum significado espiritual, incluindo todo e qualquer nome. Isso faz com que os capítulos da Bíblia que são basicamente listas de nomes signifiquem muito mais do que a maioria poderia esperar.

Quando a Palavra diz "o nome de fulano é". . . significa que o nome envolve algo digno de nota. Chamar alguém pelo nome é reconhecer como a pessoa é. . . . Nenhuma sílaba aparece na Palavra sem motivo ou sem simbolizar algum fenômeno interno. (Secrets of Heaven§1896)


Então, tudo isso nos leva à grande questão: qual é o nome de Deus e o que significa?

O Senhor é chamado de Alfa e Ômega porque alfa e ômega são a primeira e a última letras do alfabeto grego e, conseqüentemente, simbolizam todas as coisas em sua totalidade. Isso porque, no mundo espiritual, toda letra do alfabeto tem algum significado simbólico, e a vogal, por servir para dar tom, simboliza algo que diz respeito ao afeto ou ao amor. (Apocalypse Revealed §29:2)


Muitas culturas e tradições têm longas listas de nomes para Deus, e muitas delas discordam entre si - às vezes violentamente. Mas a verdade é que o significado é o que importa, e o nome terreno pouco tem a ver com isso.

Da mesma forma, as pessoas podem ser chamadas de muitas maneiras diferentes. . .

Deus pode ter muitos nomes diferentes para as muitas visões diferentes que as pessoas têm dele.

Te desarmo com um sorriso

E corto você do jeito que você quer que eu

Corte aquela pequena criança

Dentro de mim e tão parte de você

Ooh, os anos passam


Eu costumava ser um garotinho

Tão velho em meu ponto de vista

E o que escolho é a minha escolha

O que se espera que um garoto faça?

Aquela dor em mim é a dor em você

Meu amor

Eu envio esse sorriso para você


Te desarmo com um sorriso

E te deixo como eles me deixaram aqui

Para definhar em negação

A amargura daqueles que foram deixados só

Ooh, os anos passam

Ooh, os anos passam, passam, passam


Eu costumava ser um garotinho

Tão velho em meu ponto de vista

E o que escolho é a minha voz

O que se espera que um garoto faça?

Aquela dor em mim é a dor em você

Meu amor

Eu envio esse sorriso para você


Aquela dor em mim é a dor em você

Eu envio esse sorriso para você

Aquela dor em mim é a dor em você

Eu envio esse sorriso para você

A dor em mim é a dor em você

Eu envio esse sorriso para você

Smashing Pumpkins: Disarm (1993 Video)


The BBC banned the song from appearing on Top of the Pops, because of the lyric "cut that little child", and it received little radio airplay in the United Kingdom. That lyric along with lyrics like "what I choose is my choice" and "the killer in me is the killer in you" has also led to some controversy, as some read it as a reference to abortion. Corgan has stated that the song reflects the shaky relationship he had with his parents while growing up. However, even with the ban and the limited radio time, it still peaked at number eleven on the UK Singles Chart.


A BBC proibiu a música de aparecer no Top of the Pops, por causa da letra "cut that little child" (corte aquela pequena criança), e recebeu poucas passagens nas rádios do Reino Unido. Aquela letra, junto com letras como "what I choose is my choice" (o que eu escolho é a minha escolha) e "the killer in me is the killer in you" (o matador em mim é o matador em você), também gerou alguma controvérsia, já que alguns a lêem como uma referência ao aborto. Corgan afirmou que a música reflete o relacionamento instável que ele teve com seus pais enquanto crescia. No entanto, mesmo com a proibição e o tempo de rádio limitado, ainda alcançou a posição onze no UK Singles Chart.