The forgotten Light of day, waiting for me outside of this cave

Nunca Vão Entender!; Indignação diante da indiferença de pai e de irmãos!; A queda na autorejeição

Atualizado: Nov 17

Nunca Vão Entender, os Insensíveis e os Insensatos!

Sobre revelação feita por mim, Daniel, o autor, na ocasião de reunião com pai e irmãos, em 2011

Escrito nos momentos mas difíceis: sem esperança de vida nem de morte

E publicado no meu perfil do Facebook em 2017


Uma única vez, ousei falar para quem, infelizmente, NÃO QUER OUVIR...

...que estou considerando fortemente o suicídio !!

E, sem dizer uma única palavra a respeito, meu próprio pai me disse simplesmente:

"vamos mudar de assunto..." !!

Já se passaram mais de cinco anos !...

...e nunca mais NINGUÉM dos que estavam presentes - irmãos e pai -, sequer tocaram no assunto !!

Afinal, para eles, é um assunto sem importância: é só um filho e um irmão que está PENSANDO EM SE MATAR !!!


Digo aqui, que penso nisso TODO MALDITO DIA SEM FIM...

...e que é o único futuro que REALMENTE vejo diante de mim :

Cedo ou tarde, O DIA vai ter que chegar !...

...DIA DE CORRIGIR O ERRO DE TER NASCIDO !!!

Quem sabe nesse dia, depois de encontrarem o meu corpo sem vida...

...resolvam FALAR DO ASSUNTO !!!!


Matéria que pode esclarecer suas ideias a respeito...

Os que não se importam, NÃO LEIAM !...

MUDEM DE ASSUNTO e passem para a próxima postagem !!


< Aqui eu coloquei um link de uma matéria da época, falando da importância e da urgência da família falar sobre suicídio com o familiar que sofre e se manifesta a respeito >


Encontro INFINITOS motivos...

NÃO importa o que aconteça...

NÃO importa o que eu possua...

O vazio foi preenchido com MORTE...morte da alma...morte do coração...

Tudo o que era doce, ficou amargo: O SONHO MORREU...todo dia é pesadelo !

Já estou morto há muito tempo...TEMPO DEMAIS !!!

TENHO QUE ACABAR COM ISSO !! É um absurdo ter que subsexistir assim nesse mundo !

Não sou de lugar nenhum...Não me reconheço...Não reconheço ninguém :

São TODOS cúmplices da minha DESGRAÇA !!! Desde a maldita concepção !!!


Nunca vão entender o que sinto.

Só entende que tem experiência...

...EXPERIÊNCIA DE MORTE !

Nisso sim, tenho experiência vastíssima...

Experiência de morte, não de vida !


Terapias não ajudam, nunca ajudaram.

Em 15 anos, me fizeram crer ainda mais, que tudo isso não tem solução !

Rótulos, remédios e regras sempre serviram apenas para parecer que tudo e todos estão conformados.


Prima primogênita, comentou que não conseguiu entender o que escrevi. Mais nada.

Gente cínica, fria e falsa compassionada é assim! Observem e aprendam!


Irmão secundogênito que veio em segundo ignorou o meu sofrimento como sempre, e quis exaltar o ego próprio às minhas custas; também como sempre. Comentou que existem técnicas que 'eliminam' esse tipo de probleminha. É só fazer e pronto!

Gente de falsa-fé, que se envaidece do que não conhece para exaltar o seu ego às custas de quem sofre as consequências da verdadeira mudança na vida. Aquele que, por ainda não estar firme na consciência do próprio caminho, é a sua vítima predileta e o seu mais saboroso alimento.

Alimento para o ego do irmão secundogênito!

Ainda mais depois da segunda esposa; coisa que, na frente de todos, disse vergonhosamente que nunca faria. Que nunca abandonaria a primeira esposa e casaria de novo. Disse para exaltar o próprio ego sobre o do outro irmão, o primogênito, de quem todos comentavam na ocasião, por haver abandonado a própria família.

Por aí se vê como é duro ficar perto do irmão secundogênito, ou ouvir ou ler de longe. É isso o tempo todo; sempre combatendo e lutando para exaltar o próprio ego às minhas custas; e às custas sempre dos mais vulneráveis.

E ficou tentando passar essas 'técnicas'.

Garantido, o cego iludido ainda hoje insiste em acreditar.

Recentemente lhe disse que ritual sem consciência não tem valor. Mas não entendeu.


E além disso, a pior coisa que ele faz, sempre me dizer que ele não sofre porque segue essas regras e faz essas técnicas. Não sofre por que está estagnado na sua evolução. Pior, agora está decaindo.



Tentei escrever a esse respeito. Naquela época, além de não falar reclamando, eu também não costumava mostrar o que escrevia. Me arrependo até hoje de ter publicado problema tão íntimo, a quem só tem por mim tanto desprezo e tanto ódio: a própria família! E como sofri o que não devia, só pela fragilidade e pra manter a amizade! Escrevi num momento difícil:


7 de janeiro de 2018

Parabéns! A sua "gnose" está dando os seus frutos para você!

Agora você se acha tão bom e justo, e está tão envaidecido,

que acha que pode julgar, condenar e executar...e ainda sair

como "educador"! Educador que não ouve, não fala e não vê!

Mas, como sempre, não tem nem a coragem de anunciar o seu

"julgamento" na minha frente, e faz tudo pelas costas,

como o rato que sempre foi!


Você não sabe de nada do que eu já passei e estou passando.

Não sabe e nunca vai saber. Dessas coisas, eu falo com quem

sabe ouvir, não para você, nunca para você!

Mas, como eu não reclamo e, como sempre, com a sua eterna

malícia, se acha no direito de me rotular como "acomodado",

ou outro "defeituoso" qualquer.


Para você não adianta nem esperar que me ouça, porque você

não sabe o que é ouvir. Se soubesse, ouviria a si mesmo, e

deixaria essa malícia, que você insiste em chamar de

"virtude", e aprenderia a se perdoar, e voltaria a ser

sincero consigo mesmo, coisa que deixou de ser quando,

por causa da mesma malícia que venera agora, passou a se

condenar por coisas que fez no passado, que infelizmente

vai achar sempre tão "terríveis" e "imperdoáveis".


E, quer você perceba isso ou não, passou, já naquela época,

a usar a sua "gnose" para se "justificar", como fazem também os

espíritas, evangélhicos e afins! E, daquele tempo para cá,

você já acha que "acumulou virtude", ou melhor, já se acha tão

"bom e justo", que pode, ou até deve, julgar e condenar os

outros! Por dentro está cheio de malícia, remorso e vaidade

moral, mas por fora, faz de tudo para parecer "bonzinho"...

como também fazem os espíritas, evangélhicos e afins!

Mudam apenas os nomes e as regras, a parte sem importância,

mas, apesar de se julgarem tão diferentes, é isso que todas

essas doutrinas perversas são: malícia, remorso e vaidade

moral! Que é o que conta para o mundo real, não os nomes e as

regras discordantes e inúteis!


Você não vai mudar, muito menos por causa do que alguém escreva,

mas o meu recado para você é: se você começar a me tratar assim,

querer se envaidecer das suas "virtudes" às minhas custas, me

julgar e condenar, eu vou começar a te tratar do jeito que você

merece. E, tenho certeza de que você não vai gostar!


"Culpa, culpado...melhor e pior": para você tudo se resume a

isso! A sua "paz" está na mulher que você tem, no emprego que

você tem, na personalidade que você tem... Mas insiste em

dizer que é tudo por causa dos "defeitos" que você está

eliminando, ou melhor, tirando da sua vista, na realidade:

"Tira isso de mim! Meu Deus, agradeço por eu não ser como

aqueles homens..." Está debaixo do seu nariz e você não vê!

Constrói a sua casa sobre areia, e quando ceder tudo vai desabar!